Blog da Meimei Escola

Montessori e a Matemática: Conceitos Abstratos Ensinados na Prática

Postado por Blog Meimei Escola

Ache a Meimei nas Redes Sociais:

03-07-2017 18:41


Montessori e a Matemática: Conceitos Abstratos Ensinado na Prática - Blog Meimei EscolaAluno da Marblue Montessori Academy - Florida, EUA

Muito além dos atraentes e coloridos materiais feitos de madeira, usados nas classes inicias nas escolas Montessori, o ensino da matemática na escola Montessori tem por base um entendimento profundo de como as crianças aprendem melhor, leva em consideração o desenvolvimento humano, valoriza a compreensão, não a memorização, e introduz conceitos de maneira concreta com métodos práticos de ensino.


Dra. Maria Montessori, desenvolvedora do Sistema educacional que leva seu nome, formou-se  na faculdade de medicina da Universidade de Roma como a primeira médica feminina italiana em 1896. Ela passou a maior parte de sua vida desenvolvendo métodos de ensino com base em suas cuidadosas observações de como as crianças aprendem espontaneamente. Em uma era em que as crianças deveriam ser "vistas e não ouvidas", a filosofia de Montessori de apoiar o desenvolvimento infantil foi revolucionária.

Sua filosofia foi a de adequar a educação de acordo com cada etapa do desenvolvimento infantil. Seus métodos e materiais de ensino de matemática refletem, portanto, as necessidades da criança ao longo do seu desenvolvimento.

Para atender às necessidades físicas, nas salas de aula, todas as prateleiras são baixas o suficiente para que os materiais estejam ao alcance do aluno, e a exigência dos materiais, em termos de habilidades motoras finas, vai aumentando progressivamente. Por exemplo, a "Torre Rosa" requer, inicialmente,  o empilhamento de cubos rosas grandes em cima uns dos outros, e a descoberta, por parte da criança de outras formas de montagem (o valor da criatividade), enquanto que trabalhar com a "Caixa de Fusos", vai requerer um critério de contagem básico. Estamos falando, claro, de crianças até os seis anos.


CaixadeFusos&TorreRosa.jpgÀ esquerda, a "Caixa de Fusos" e à direita, a "Torre Rosa"


Posteriormente, nas classes de alunos no fundamental I, são introduzidos materiais mais complexos, como a "
Tábua de Pitágoras" e “A Grande Divisão”, atendendo às necessidades do desenvolvimento de conteúdos matemáticos mais elaborados, como a multiplicação e a divisão.

 

pitagoras&grandedivisao.jpgÀ esquerda, a ""Tábua de Pitágoras" e à direita, a "A Grande Divisão"


Esses materiais atendem à necessidade cognitiva das crianças, que primeiro, aprendem conceitos de forma concreta porque ainda não desenvolveram habilidades de pensamento abstrato. Enquanto os adultos podem ler ou ouvir uma explicação de como algo funciona, uma criança tem que realizar concretamente para poder desenvolver uma verdadeira compreensão.

A maioria de nós aprendeu a fazer divisão na escola, mas quantos de nós, até hoje, realmente sabe como e porque as regras funcionam? Os alunos Montessori começam a aprender o conceito de divisão em torno dos 4 anos, através de atividades práticas, do dia-a dia: eles o entendem como o compartilhamento igualitário entre as pessoas.

Depois de muita prática, o momento mágico é quando a criança diz: "Por que eu ainda preciso do material? Já sei fazer as operações sem ele, já entendi.” Significa que o aluno já  se sente capaz de realizar problemas em seu caderno, já abstraiu o conceito necessário.

Já que os alunos Montessori constroem seu próprio conhecimento, e evoluem para o papel e lápis sozinhos, cada um ganha uma real compreensão conceitual, ao invés de memorizar os passos superficialmente.

Os alunos dessas escolas, portanto,
 se beneficiam de um ensino prático, apropriado a seu nível de desenvolvimento, e que lhes propicia contínua curiosidade e o prazer em aprender essa Ciência.

AS BAIXE EBOOK: AS 7 DIFERENÇAS ENTRE  O SISTEMA MONTESSORI E O MÉTODO TRADICIONAL DE ENSINO

Tópicos: Inovação na Educação, Prazer em Aprender, Matemática

Comentários

Sobre o Blog

Os artigos deste blog são criados a partir de entrevistas com a Fundadora e Diretora Pedagógica da Meimei Escola, e também atual Presidente da Organização Montessori do Brasil (OMB). Os artigos discutem temas ligados ao diferencial do Sistema Montessori de Ensino e dúvidas que pais tem com relação ao desenvolvimento dos seus filhos. 

Sintam-se a vontade para fazer perguntas na seção de comentários do blog ou na nossa página no Facebook (https://www.facebook.com/MeimeiEscola/). Se quiserem entrar em contato diretamente, podem enviar e-mail para atendimento@meimeiescola.com.br.

Para conhecerem mais sobre o Sistema Montessori, temos uma lista de links de referência no site da Escola (http://www.meimeiescola.com.br/links-de-referencia).

 

Assine para Atualizações por E-mail

Siga a Meimei nas Redes Sociais